Articles for agosto 2012

Curso de Anatomia Palpatória para Localização dos Pontos de Acupuntura

A prática clínica da Acupuntura é fundamentada em quatro pilares:

1) o adequado exercício dos Métodos de Diagnóstico, através da coleta de dados relevantes do paciente e a compreensão de seus significados dentro da visão da Medicina Chinesa;
2) a correta Diferenciação de Síndromes, através do conhecimento dos Padrões de Desarmonia geradores das patologias presentes;
3) a definição apropriada do Princípio de Tratamento e a escolha das ferramentas que serão utilizadas no tratamento;
4) a localização exata dos pontos de tratamento, a partir do conhecimento de anatomia palpatória e da medição tradicional feita pela unidade de medida chinesa cun, o que permite maior segurança na inserção das agulhas e sua manipulação.

Esse curso foi desenvolvido para o aperfeiçoamento deste quarto pilar, proporcionando ao praticante o treino do reconhecimento anatômico aplicado à prática da localização do principais pontos de Acupuntura.

Para isto, os alunos treinarão a palpação de todas as estruturas envolvidas na localização dos pontos, tais como: artérias, músculos, ossos e articulações, além do aprendizado das técnicas de medições pelos cun e os cuidados no agulhamento dos pontos.

Professora: Helena Guimarães

O curso será divido em módulos, por regiões do corpo.

Primeiro módulo: membros superiores e Pontos de Alarme (Pontos Mu).

Aulas: todo o 1º sábado do mês, das 9h às 16h.

Datas do primeiro módulo:

  1. Outubro – 6/10/12
  2. Novembro – 3/11/12
  3. Dezembro – 1/12/12

Investimento: R$250,00 mensais.

Material necessário: Livro: ANATOMIA – UM LIVRO PARA COLORIR. ELSON, Lawrence M. – KAPIT, Wynn. Editora: Roca.

Inscrição e informações: edgar@terapiaschinesas.com.br / 9434-2611

Por problemas no nosso sistema de envio de mensagens, alguns cadastrados não estavam recebendo nossos emails. Por esse motivo estamos enviando novamente os informativos dos nossos próximos cursos.

Edgar Cantelli Gaspar – edgar@terapiaschinesas.com.br – Twitter: @edgarcantelli

Curso de Princípios da Medicina Chinesa para leigos – dias 1 e 2/09

Curso voltado a interessados em Medicina  Chinesa que não visam a formação profissional, mas sim o conhecimento do funcionamento energético humano para desenvolver a percepção da sua própria fisiologia e obter uma melhor manutenção da saúde e a prevenção de doenças.

Teorias de base

  • A Medicina Chinesa como arte taoista
  • Breve histórico da Medicina Chinesa
  • Teoria de Yin & Yang
  • 5 Movimentos
  • Conceito de Qi – Energia Vital
  • Substâncias Vitais
  • Ba Gan – Os Oito Princípios do Diagnóstico Chinês
  • Zang Fu – Órgãos e Vísceras pela visão da Medicina Chinesa e suas funções básicas
  • Jing Luo (Canais e Colaterais)
  • Horários dos Canais e suas recomendações básicas
  • Introdução aos três fatores de doença
  • Fatores patogênicos externos
  • Fatores patogênicos internos e “nem um nem outro”

Prática

  • Breve introdução ao Qi Gong
  • 6 Sons de Lao Tzu
  • Breve introdução à Dietologia

MinistranteHelena Guimarães

Local: Sociedade Taoísta do Brasil

Datas: 1 e 2/09, das 9hs às 16hs.

Contato: 3105-7407 / 9631-3005 – stb-sp@sociedadetaoista.com.br

A pressão emocional e a queda de rendimento físico sob a ótica da Medicina Chinesa

Diego Hypolito que caiu em sua apresentação em Londres - 2012

O entendimento da fisiologia humana sob a lógica da Medicina Chinesa passa substancialmente pela compreensão das funções dos Órgãos (臟 – Zàng) e Vísceras (腑 – ). Mas é fundamental entender que nossos Órgãos (臟 – Zàng) possuem as funções que conhecemos no ocidente, que são as que estão diretamente atreladas a sua estrutura anatômica, e também funções energéticas (陽 – Yáng) dissociadas de sua anatomia (陰 – Yīn). E essas funções são, em sua maior parte, tão vitais quanto as anteriores.

Dentre esse tipo mais sutil de função, temos a do sistema energético do Fígado, que é responsável por garantir o direcionamento da nossa energia  (气 – ) e do nosso sangue (血 – Xuè). Essa função vital pode ser entendida de maneira bastante simples: quando precisamos subir uma escada, é esse sistema que impulsiona a nossa energia (气 – ) numa parcela maior para as pernas nesse momento, levando assim um maior aporte sanguíneo, permitindo que os músculos, tendões, cartilagens e demais tecidos recebam a nutrição devida e sejam capazes de executar o movimento de forma eficaz.

Acontece que esse sistema é diretamente afetado pela ansiedade. Esse padrão psíquico emocional projeta uma parte da nossa Mente (神 – Shén) no futuro e fica requerendo constante aporte energético (气 – ) e de sangue (血 – Xuè) para mantê-la.

Leandro Guilheiro, número 1 do mundo em sua categoria, eliminado em Londres - 2012

Como o sistema energético do Fígado trabalha com esse direcionamento de forma integral, quando estamos ansiosos, falta função para manter os demais fluxos. Temos então a digestão lenta, cólicas menstruais, irritabilidade, edemas, dentre outros sintomas desta hipofunção.

Esse processo fisiológico é o que explica, segundo essa Medicina, que um atleta seja capaz de repetir durante seus treinamentos um mesmo movimento milhares de vezes com perfeição, mas que, numa situação de pressão, de ansiedade extrema, seu corpo falhe em garantir o fluxo adequado de energia (气 – ) e de sangue (血 – Xuè) para seus tecidos, fazendo com que ele falhe em sua prova no momento mais decisivo.

É interessante notar o quanto os atletas brasileiros sofrem deste quadro nos Jogos Olímpicos, enquanto atletas de países mais habituados a conquistas não sofrem tanto dessa disfunção. Especialmente os atletas brasileiros que chegam como favoritos nas suas provas, carregam a pressão de trazer a tão sonhada medalha para si e para todo o povo brasileiro que ali estaria representando, carente de representantes de destaque. Essa pressão, gerando tremenda ansiedade, afeta diretamente sua fisiologia, prejudicando seu rendimento.

E todo esse cenário de decepções consecutivas também faz mal para nós, torcedores, que ficamos cada vez mais decepcionados com o passar dos dias olímpicos.

Edgar Cantelli Gaspar – edgar@terapiaschinesas.com.br – Twitter: @edgarcantelli