Hua To

Estátua de Hua Tuo no Anhui College of Traditional Chinese Medicine.

Hua Tuo (? – 208) talvez seja o médico mais famoso da história da Medicina Chinesa. Apesar de ter obtido parte desta fama ainda em vida, como praticante do Taoismo, nunca procurou destaque e riqueza. Quando o Primeiro Ministro Chen Gui Zang do Reino de Wei e o Ministro da Defesa Huang Wan tentaram persuadi-lo a assumir uma posição no governo, ele recusou. Ele tinha como princípio maior priorizar o atendimento da população em geral.

Hua Tuo primeiro estudou a Medicina Chinesa formalmente com o famoso terapeuta Xu Zhou e durante toda a sua vida continuou seus estudos por conta própria, tornando-se um especialista em muitas áreas, como a acupuntura, a massagem Tui Na, a fitoterapia, os exercícios para saúde, a pediatria e até mesmo procedimentos cirúrgicos. Hua Tuo era capaz de realizar cirurgias abdominais realizadas sob efeitos analgésicos proporcionados pela acupuntura e por fitoterápicos.

Todas as suas práticas clínicas se caracterizavam pela síntese. Ele buscava a utilização do menor número possível de componentes fitoterápicos em suas fórmulas, com o máximo de resultado, assim como a utilização do menor número de pontos de acupuntura num tratamento. Tratando-se particularmente da acupuntura, Hua Tuo ficou conhecido como possuidor de uma técnica incrível de manipulação das agulhas. Ele chegou num nível de domínio das técnicas de agulhamento e de circulação de Qi (氣 – Energia) que previa, antes da inserção da agulha, onde o paciente teria a sensação de irradiação e de que tipo ela seria.

Ele difundiu a utilização de 34 pontos nos espaços intervertebrais para tratamentos de afecções da coluna, conhecidos hoje por todos os estudantes de acupuntura no mundo como os famosos pontos Hua Tuo Jia Ji (華佗夹脊).

Como todo grande mestre da medicina chinesa, Hua Tuo entendia que o grande papel do terapeuta era o de prevenir as doenças. Assim, criou uma escola de Qi Gong (Chi Kung) conhecida como Wu Qin Xi (五禽戲), o “Jogo dos Cinco Animais”, com movimentos baseados em cinco animais: no tigre, no veado, no urso, no macaco e no grou. Ele acreditava que a prática constante deste tipo de exercício era um pilar fundamental para a manutenção da saúde.

Imagem de Hua Tuo no Templo de Mengjia Longshan em Taiwan

Imagem de Hua Tuo no Templo de Mengjia Longshan em Taiwan

Como mestre taoista, Hua Tuo era um praticante das artes de alquimia, procurando a saúde e a longevidade, acreditando na possibilidade da imortalidade. Pelos registros de seus trabalhos, Hua Tuo viveu mais de 100 anos e, segundo relatos, com uma aparência sempre jovial e dinâmica. Seguindo seus ensinamentos, seu discípulo Wu Pu, também viveu mais de 100 anos com ótima saúde.

Um exemplo da conduta de Hua Tuo se dá na história de sua morte. Cao Cao (155-220), governante da província de Cao Wei, que sofria de terríveis dores de cabeça, somadas a transtornos psíquicos, convocou Hua To para tratá-lo durante uma crise. O médico conseguiu tirar o governante do quadro agudo rapidamente, mas o avisou que o tratamento em si era muito difícil e de longo prazo. Cao Cao então recrutou Hua Tuo para que fosse seu terapeuta particular. O sábio terapeuta, sabendo que não poderia simplesmente recusar o pedido do governante, ainda mais conhecendo seus transtornos psíquicos, disse que precisava retornar para casa para descansar.

Algum tempo depois Cao Cao começou a enviar cartas à Hua Tuo solicitando sua presença. O médico então começou a retardar seu retorno ao tratamento do governante, justificando que sua mulher estaria doente. Hua Tuo neste momento sabia que se aceitasse o pedido do governante, nunca mais poderia tratar a população.

Cao Cao enfurecido mandou um grupo de subordinados investigar a situação do médico. Quando descobriram que Hua Tuo estava enganando o governante, este ordenou sumariamente sua morte.

Após a execução de Hua To, o filho favorito de Cao Cao, Cao Chong, adoeceu rapidamente  e morreu. O governante, angustiado, teria gritado se lamentando por ter ordenado a morte de Hua Tuo, que poderia ter salvo a vida de seu filho.

Tornou-se tradição na Medicina Tradicional Chinesa, quando se quer homenagear um terapeuta, chamá-lo de “Hua Tuo Zai Shi“, que significado “Hua Tuo Reencarnado”.

Conheça outros mestres taoistas da Medicina Tradicional Chinesa, clicando aqui.

Edgar Cantelli Gaspar – edgar@terapiaschinesas.com.br – Twitter: @edgarcantelli

Leave a reply

required