Em 2011 escrevi um artigo trazendo o problema prático sobre a dificuldade de encontrarmos desodorantes que não sejam antitranspirantes. E quando os encontramos, em geral, são caríssimos. Desde então busco uma solução viável para essa questão. Finalmente ela apareceu! Mas antes da solução, vamos voltar ao problema.

Como coloquei no artigo anterior, segundo a visão da Medicina Chinesa, variadas Síndromes podem ocasionar o descontrole crônico no mecanismo da transpiração. Primeiramente precisamos saber que qualquer tipo de hiperatividade fisiológica, que chamamos na Medicina Chinesa de Síndromes de Calor (熱 – ), faz com que a circulação de Energia (氣 – ) e Sangue (血 – Xuè) na superfície do corpo se torne mais rápida do que o normal e, como uma forma de dissipar o aumento de temperatura ocasionado por essa hipercirculação, nosso corpo abre os poros da pele, liberando o suor, resfriando a superfície.

Nas Síndromes dessa natureza (Calor) podemos ter um dado da sua intensidade pela presença de odores desagradáveis na transpiração, pois, quanto maior o Calor interno, maior o odor. Especialmente se esse Calor (熱 – ) estiver presente no sistema físico e enérgico do Coração maiores as chances da transpiração nas axilas ser exagerada e também com odor forte. Isso acontece, pois o Canal Energético do Coração (心 – Xīn), na sua porção superficial, se inicia justamente no centro da axila. Esse Canal, portanto, traz esse Calor (熱 – )  interno para a superfície, até mesmo como uma forma de proteção do Coração (心 – Xīn).

Outra Síndrome bastante comum é justamente a oposta à anterior, ou seja, quando estamos com um hipofuncionamento fisiológico. Quando nossas atividades circulatórias e metabólicas diminuem, que chamamos na Medicina Chinesa de Síndrome por Frio (寒 – Hán) interior, a capacidade do nosso organismo de manter a força de fechamento dos poros da pele diminuiu muito. Com isso, nossos poros permanecem abertos quando deveriam se fechar e temos então uma transpiração profusa, normalmente fria, e que piora quando precisamos exercer alguma atividade física simples, como subir uma escada. Essa transpiração, normalmente, não apresenta mau cheiro.

Existem várias outras Síndromes mais específicas que geram transpiração exagerada, como a que acomete uma parcela dos obesos. A gordura em vários níveis do nosso corpo gera uma grande obstrução para a circulação de Energia (氣 – ) e Sangue (血 – Xuè). Com isso, quanto mais gordura acumulada, mais o corpo direciona a circulação para superfície, visando transpor essa obstrução sistêmica. Essa hipercirculação na superfície gera um Calor (熱 – ), que também abre os poros da pele. Nessa Síndrome, a transpiração, além de provavelmente apresentar mau cheiro, é oleosa.

Fica claro, portanto, que a transpiração é uma investigação fundamental dentro do Diagnóstico da Medicina Chinesa, sendo um indicativo da presença de várias Síndromes.

Quando nós simplesmente usamos um desodorante antitranspirante para disfarçar o sintoma, além de perdermos essa referência que poderia nos dar informações sobre a nossa saúde, nós também cortamos o mecanismo que o corpo está utilizando para expelir o Calor (熱 – ), nas sudoreses dessa origem, eliminando um pouco dessa hiperatividade interna e refrescando a superfície do corpo.

Minha grande amiga, Lu de Carvalho, professora de dança, reeducação do movimento, educação somática e artes corporais taoístas, desenvolveu esse desodorante natural, com lavanda e tea tree, com propriedades antissépticas, adstringentes, bactericidas, antifúngicas e calmantes para a pele, num preço bastante viável. Estou usando diariamente e recomendo muito!

Ela está vendendo os desodorante sob encomenda, via Whatsapp: (11) 99966-0601 ou também é possível comprar a pronta entrega ou encomendar na Sociedade Taoista SP: Av. Liberdade, 113 – 3o andar – (11) 99631-3005 (WhatsApp).

Edgar Cantelli Gaspar – edgar@terapiaschinesas.com.br – Twitter: @edgarcantelli

 

Leave a reply

required