KR dojo academia

Em abril de 2014, após 5 anos de hiato, voltei a treinar Aikido. Na ocasião tive o privilégio de conhecer Raphael Lafemina Sensei, do grupo Kaiki e redescobrir o Aikido como uma atividade muito mais do que somente física. Escrevi sobre isso neste post: http://www.terapiaschinesas.com.br/index.php/2014/04/30/aikido-mais-do-que-uma-atividade-fisica/

Desde então sigo meu caminho de treinamentos com o Raphael Sensei e com a sua esposa, Heloisa Key. Essa jornada tem sido tão profunda e enriquecedora que, junto da inauguração do novo dojo (local de treinamento) do grupo, me sinto motivado a escrever este novo artigo.

Durante esses praticamente 3 anos, pude vivenciar nos treinos de forma concreta muitos dos princípios que estudo e até mesmo ensino do Yi Jing (I Ching), da Medicina Tradicional Chinesa e do Taoismo. Raphael Sensei consegue trazer de forma sensível, mas ao mesmo palpável e simples, o Caminho real da suavidade, do coração sem intenção, da humildade, do fluxo de energia natural do nosso corpo relaxado e integrado à natureza, sempre mantendo a percepção e a consciência da marcialidade, o que traz também ao treino um aspecto importantíssimo de atenção, foco, limites e de defesa pessoal real.

O ambiente de treino que encontro proporciona sempre o desenvolvimento de todos os envolvidos, seja um faixa branca ou um faixa preta, cada um lidando com seus graus de desafios. Mas a condução do Sensei é leve e libertadora, incentivando o Caminho do Aikido como arte, o que nunca torna o enfrentamento dos desafios internos e externos frustrante.

Como professor, reconheço que criar um local, um grupo e manter esses princípios num ambiente de treinamento, ainda mais marcial, é dificílimo. Por isso que compartilho com vocês o vídeo que fiz do novo espaço construído com imenso cuidado, planejamento e sensibilidade por Raphael Sensei e pela Heloisa Key chamado “KR dojo academia”. No vídeo vocês podem ver ambos treinando neste novo espaço, localizado no Panamby, região do Morumbi em São Paulo.

Além do Aikido, o espaço oferece aulas de Kundalini Yoga, Pilates e Tai Ji Quan (Tai Chi Chuan) ministradas por excelentes professores.
Para mais informações:

Edgar Cantelli Gaspar – edgar@terapiaschinesas.com.br – Twitter: @edgarcantelli

Aikido – mais do que uma atividade física

Raphael Sensei demonstrando uma técnica do Aikido

Raphael Sensei demonstrando uma técnica do Aikido

Tenho ouvido de meus pacientes a seguinte pergunta: qual atividade física é recomendada para mim? A resposta para esta simples pergunta não é tão simples assim. Isto porque algumas atividades podem ser muito benéficas durante certos tipos de tratamentos, mas também podem ser muito desaconselháveis. Alguns necessitam de programas de alta intensidade, outros devem procurar exercícios mais brandos. Alguns precisam mais de fortalecimento, outros de alongamento. Alguns até, em casos de deficiências muito graves, precisam de estágios de tratamento antes de iniciar qualquer atividade.

Outra reflexão acontece quando o paciente já está se encaminhando para a alta, ou seja, já está saudável. Nestes casos minha resposta passa a ser muito simples: a melhor atividade física é aquela que você gosta, pois, somente assim você terá motivação para fazê-la frequentemente e por muito tempo, que é, independente da atividade, quando os resultados esperados acontecem.

Recentemente eu pude vivenciar os benefícios de atividades físicas que anteriormente eu não pensaria em praticar. Sempre estive envolvido com as artes marciais, como o Kung Fu, e especialmente o Aikido, que pratiquei por 9 anos, chegando até a faixa preta (shodan). Mas há 5 anos, com o nascimento de meu filho e minha rotina mudando completamente, a manutenção dos treinos de Aikido tornou-se impossível.

Após 2 anos de sedentarismo, tornou-se bem mais viável pra mim praticar algo com horários e localidades mais flexíveis. Foi quando ingressei numa academia convencional e comecei a praticar caminhadas, corridas, alongamentos e musculação.

Essa foi uma experiência muito valiosa, pois me deparei com vários preconceitos meus sobre essas atividades e fui experimentando os benefícios concretos que cada uma delas poderia me dar, se as praticasse corretamente. Pretendo inclusive no futuro escrever artigos sobre esses benefícios específicos e até mesmo sobre os riscos e cuidados nestas atividades tão populares.

Mas há 2 meses senti que era hora de retornar ao Aikido, sem ter ao certo o porquê, já que vinha me sentindo bem com as outras atividades, apesar de já um pouco desmotivado pela rotina de treinos.

Ono Sensei realizando uma demonstração de Aikido com mais de 80 anos

Ono Sensei realizando uma demonstração de Aikido com mais de 80 anos

Tive então a felicidade de encontrar o dojo (local de treinamento) do grupo Kaiki, liderado pelo Raphael Sensei, filiado à Associação Pesquisa de Aikido, do mestre Ono Shihan. Como todas as outras artes marciais, no Aikido também temos várias linhagens, com seus métodos diferentes de treinamento. Foi muito gratificante encontrar então um local de treinamento filiado ao mesmo Sensei com o qual havia treinado por tantos anos, seguindo os mesmos métodos, princípios e objetivos.

Mas foi logo no primeiro tempo que criei a consciência do porquê que estas artes marciais tradicionais, quando direcionados por um excelente professor como o Raphael Sensei, são totalmente diferentes das atividades físicas convencionais. Elas podem proporcionar muitos dos benefícios das outras atividades, como a resistência aeróbica, o alongamento, o fortalecimento, mas elas treinam também sua mente e seu espírito, fortalecendo-os, lapidando-os e integrando-os com seu corpo. Os insights que se tem durante um treinamento deste tipo e como eles são possíveis de serem transportados para as outras atividades do nosso dia a dia são únicos.

No Aikido, por exemplo, onde treinamos para nos harmonizarmos constantemente em relação a qualquer tipo de resposta do parceiro de treino, isto se dá intensamente. Alguns parceiros de treino nos atacam com agressividade, outros com apatia, outros com alegria. Como eu posso responder harmoniosamente, tornando este encontro favorável, independente das minhas preferências prévias? É por conta de desenvolvimentos como este que o fundador do Aikido deu à sua arte a denominação de Caminho (Do) de harmonia (Ai) das energias (Ki).

Entrada do Espaço Pawa

Entrada do Espaço Pawa

O Espaço Pawa, onde se localiza o dojo de Raphael Sensei, também disponibiliza treinamentos de Tai Ji Quan (Tai Chi Chuan) e Yoga, outras destas atividades que também são um caminho de aprimoramento total do indivíduo, como o Aikido. Além das atividades, é um espaço que me encantou pelas pessoas que o dirigem, que lá trabalham e que o frequentam. Um espaço de paz em São Paulo.

 


Edgar Cantelli Gaspar
 – edgar@terapiaschinesas.com.br – Twitter: @edgarcantelli

Seminário “Kokyu-Ho – O Poder da Energia Interna” com Ono Sensei

Pela visão da Medicina Chinesa só possuimos duas formas de obter energia: pela alimentação e pelo ar que respiramos. Da nossa alimentação podemos cuidar diariamente e aqui no blog mesmo informamos sobre algumas dicas de como ter uma alimentação adequada e cheia de energia. Mas e sobre a energia do ar, o que podemos fazer para potencializá-la, melhorando a nossa saúde? Os mestres orientais de todas as linhagens indicam os trabalhos energéticos, como o Qi Gong, que inclusive faz parte da Medicina Chinesa.

O método de trabalho energético que pratico é o “Kokyu-Ho”. É uma técnica japonesa trazida e desenvolvida no Brasil pelo meu mestre de Aikido, Ono Sensei (foto ao lado). Ono Sensei é uma lenda dentro do mundo das artes marciais, por vários motivos: seu tempo de prática e lecionando (mais de 40 anos), sua pesquisa constante do desenvolvimento da energia interna (Ki, em japonês) e sua utilização no Aikido, como sua sabedoria que consegue transmitir a todo momento, como também pela sua vitalidade. Com 82 anos, ontem mesmo tive uma aula de 4 horas seguidas com meu mestre. Posso dizer tranquilamente que Ono Sensei foi parte fundamental na transformação da minha vida para uma qualidade de vida e um aperfeiçoamento espiritual superiores.

Pela primeira vez Ono Sensei dará um curso aberto sobre suas pesquisas na área energética. Acredito que vale a pena para todo mundo, especialmente para os praticantes da Medicina Chinesa, por ser imprescindível para todos os terapêutas terem uma técnica de reposição de energia. Abaixo segue a divulgação oficial do evento.
___________________________________

Mestre único na América Latina, Ono Shihan, irá mostrar pela primeira vez, fora do espaço de treinamento dos seus alunos, parte dos resultados de mais de 40 anos de pesquisas no uso da energia pessoal interna (Ki) para o equilíbrio e auto controle físico e emocional, por meio do Kokyu-ho (respiração).

A energia pode movimentar pessoas à distância, paralisar movimentos de oponentes e conduzir o outro sem violência. O poder da energia se superpõe à força e a sua fonte é inesgotável.
Qualquer pessoa tem acesso a ela e pode utilizá-la em benefício pessoal e em favor das outras pessoas.Kokyu-ho é o caminho da Unidade que não passa pelo choque, pelo conflito.

Quando:dia 25 de agosto – sábado
Horário: 10h30 – 12h30 – ensinamentos12h30 – 14h – almoço14h – 16h30 – ensinamentos
Local: Hotel Golden Tulip Plaza – Alameda Santos, 85
Estacionamento e almoço disponíveis no local.paulistaplaza@paulistaplaza.com.br / http://www.paulistaplaza.com.br/

Investimento:R$150,00 ( cento e cinqüenta reais)

Inscrições: Carolina Zanqueta – 9h/17h – fone: 11 2167-5811 mailto:carol.zanqueta@curadoeassociados.com.br
Os ensinamentos de Ono Shihan

O que é

Programa de reconhecimento e de treinamento da energia interna que todos possuímos, cuja força e capacidade de transformação são inesgotáveis.
Como

Técnicas que facilitam o acolhimento e a unificação com a outra pessoa e com o Universo por meio do relaxamento e da respiração.

Para que

No nível individual facilita o desenvolvimento do equilíbrio emocional e físico e no nível social estimula e fortalece as soluções pacíficas e harmoniosas para o convívio entre as pessoas.

Para quem

• Pessoas que descobriram o esgotamento do uso da força e da imposição como meios eficientes para a obtenção de transformações profundas em indivíduos e nas organizações.

• Terapeutas facilitadores de indivíduos e de organizações na busca do equilíbrio emocional, psicológico, bem estar pessoal e social.

Kenji Ono, ou Keizen Ono Shihan, o Ono Sensei nasceu em 1º de outubro de 1925 em Tóquio, Japão e chegou ao Brasil em 27 de julho de 1934, no porto de Santos. Treinou Judô até obter o grau de Shodan (faixa preta). Em 1963 iniciou o treinamento de Aikido com Kawai Sensei, mestre que trouxe a arte para o Brasil. Começou a ensinar Aikido em 1966. Fundou a Associação Pesquisa de Aikido -APA, (http://www.aikidopesquisa.com.br/) parte da Confederação Sul-americana da Arte Aikido, ligada à Fundação Aikikai do Japão. Atualmente, existem dojos (academias) filiadas em São Paulo capital, Jundiaí, Espírito Santo (Vitória e Vila Velha), no Paraná (Londrina) e no Rio de Janeiro (Campos). Ono Sensei, é Acupunturista e Shiatsu terapeuta.

Aikido é um arte marcial japonesa criada durante os anos de 1920 pelo Fundador Morihei Ueshiba, um mestre que alcançou o mais elevado grau de maestria nas artes marciais japonesas. Como arte marcial pura o Aikido visa a unificação do corpo e dos sentimentos.