Articles for dezembro 2007

Crianças – Tratamento pela Medicina Chinesa

Apesar de possuir várias ferramentas terapêuticas, a prática da Medicina Tradicional Chinesa no Brasil ficou mais conhecida pela aplicação da Acupuntura em seus tratamentos. Mas muitos de nossos pacientes nos perguntam sobre o tratamento de crianças, já que a combinação de “criança” com “agulha” não nos traz uma boa imagem.

De fato, para crianças muito pequenas, é praticamente inviável a utilização da Acupuntura. Não existe uma regra sobre a idade ideal para começar a tratar uma criança através da Acupuntura, já que algumas crianças se desenvolvem e amadurecem mais rapidamente do que outras, mas há um consenso prático de que antes dos 6 anos é muito difícil utilizar no tratamento as agulhas de penetração. Na China é mais difundida a utilização de agulhas com pontas arredondadas e mais grossas que só pressionam e estimulam os pontos. Mas mesmo com essas agulhas as crianças se assustam ao vê-las e também sua prática se torna difícil.

Mas então como tratamos as crianças? Nós utilizamos duas outras ferramentas da Medicina Chinesa, o Tui Na (Massoterapia) e a Fitoterapia. Elas apresentam ótimos resultados em inúmeros tratamentos para adultos, mas a sua utilização é ainda mais surpreendente nas crianças. Isso porque as crianças estão numa fase de abundância de Energia (Qi) e ainda não possuem normalmente os complicadores emocionais de um adulto. Assim, com poucas manobras de massagem, em poucos pontos pelo corpo, que normalmente não ultrapassam 20 minutos, realizam-se vários tratamentos, especialmente os mais comuns desta idade. Os resultados são ainda melhores com formulações fitoterápicas específicas, com dosagens próprias para cada idade.

É importante ressaltar que a boa eficácia das técnicas depende do correto diagnóstico pela abordagem e visão da Medicina Chinesa, e que esse diagnóstico em crianças difere em alguns aspectos do de adultos. Nelas utilizamos, por exemplo, a observação da Veia do Dedo Indicador (VDI) como um método específico de diagnóstico.

Por isso, se quiser levar seu filho para um tratamento pela Medicina Chinesa, procure um terapeuta com conhecimentos sobre essas variações de tratamentos pediátricos.