Articles for março 2008

A Análise da Língua na MTC

Uma consulta pela Medicina Tradicional Chinesa é repleta de particularidades. Para começar temos o interregatório, que costuma ser mais detalhado do que qualquer outro tipo de anamnese. Além disso, ele contém muitas vezes perguntas inusitadas, mas importantíssimas, como quantidade e localidade de sudorese, ou preferência por determinado clima, como o verão ou inverno. Após o interregatório normalmente seguem-se alguns exames típicos, como a pulsologia, já tratada em outro texto do site, e a análise da língua.

Esse é um dos momentos mais curiosos da consulta e que mais levanta dúvidas nos pacientes. Para que se serve o exame da língua? O que se consegue ver?

A semiologia da língua é um ponto chave na consulta pois oferece dados fundamentais para o terapeuta diferenciar o Padrão daquele caso e chegar a um diagnóstico preciso.

O que primeiro é observado na língua é a sua coloração como um todo. De modo geral, nesta observação, vemos o estado do Sangue (Xue) no indivíduo. Uma língua rosada, com uma umidade normal e uniforme é considerada como um sinal de saúde. Uma língua pálida indica uma deficiência no Sangue (Xue) em nutrir o corpo. Neste caso, ou o Sangue (Xue) não está sendo gerado corretamente, por alimentação insuficiente, por exemplo, ou a Energia (Qi) está muito fraca, tornando-se incapaz de fazer o Sangue (Xue) chegar nas extremidades do corpo.

Uma língua arroxeada indica de forma geral uma dificuldade na circulação sangüínea.

Quando temos uma língua avermelhada, isso é sinal de hiperatividade interna, o que na linguagem da MTC chamamos de Calor.

Essa diferenciação quanto a coloração do corpo da língua é o ponto mais importante e abrangente na análise da língua e de modo geral é bem simples de ser observada. Assim, todos nós podemos observar nossa língua periodicamente pois nosso corpo tem como mecanismo dar sinais antes de qualquer patologia se instalar e a língua é um dos principais meios de se detectar esses sinais.

Em uma consulta de Acupuntura o terapeuta irá observar detalhes mais específicos como a quantidade e a coloração da saburra da língua, além de alterações em regiões específicas da língua, como, por exemplo, fissuras na região central da língua que indicam um desgaste das funções do estômago.

Uma das funções mais interessantes de toda essa observação é acompanhar a evolução do tratamento. A língua ao longo das sessões vai se transformando e o próprio paciente muitas vezes passa a perceber a melhora visual do aspecto da sua língua, simultaneamente com a melhora dos seus sintomas.

Caso você observe algum aspecto na sua língua que chame a sua atenção, mas que você não sabe se trata-se de algum sinal relevante, consulte um acupunturista ou escreva para a gente: edgar@aikidopesquisa.com.br.

Formação em Massoterapia Tradicional Chinesa – Tui Na

Em abril iniciamos mais uma turma de Formação em Tui Na na EBRAMEC. Confira abaixo as informações:

Duração Mínima: 07 finais de semana

Público alvo: Pessoas interessadas no aprendizado da massoterapia chinesa em padrões elevados

Pré-requisitos: Formação – Todos os interessados com Ensino Médio. Pós Graduação – Graduados na área da saúde

Apresentação: A Massoterapia Chinesa é amplamente difundida pelo mundo e é a responsável pelo surgimento de importantes outras técnicas, como o Shiatsu (massagem japonesa). A massoterapia Chinesa envolve um grande número de manobras e manipulações que permitem um estímulo e tratamento adequado dos pacientes, sejam adultos ou crianças.

Objetivo: Qualificar os alunos para a atuação profissional, mediante a utilização de técnicas de massagem de origem oriental, para benefício global dos pacientes.

Conteúdo Programático:
-Fundamentos da Medicina Tradicional Chinesa;
-Diagnóstico da Medicina Tradicional Chinesa;
-Canais e Colaterais aplicados a Massoterapia;
-Tui Na Adulto;
-Princípios elementares de cada manobra;
-Mais de 20 manobras diferentes (e seus diverso sub-tipos);
-Tratamento de alterações através de Tui Na;
-Reflexologia Podal;
-Ciências Ocidentais – revisão de anatomia e fisiologia;
-Anatomia Palpatória
-Introdução ao idioma chinês;
-Certificação:
-Certificado de Formação Profissional

Datas: início do curso – 26 e 27 de abril.

Ministrante(s):
• Reginaldo de Carvalho S. Filho – Fisioterapeuta, Doutorando pela Escola Paulista de Medicina, Pós Graduado em Acupuntura com estudos avançados na Shandong University of TCM (China), Diretor Geral da EBRAMEC;

• Edgar Cantelli Gaspar – Técnico em Massoterapia, formação em Tui Na, “Acupuncture Doctor” pela WFAS;

• Helena de Paula C. Guimarães – Técnica em Massoterapia, formação em Tui Na, “Acupuncture Doctor” pela WFAS.

Para maiores informações: Clínica e Escola CIEFATO: Rua Tobias Barreto, 1243 / 1245 – Belém – São Paulo – SP – Fone: 0xx11 6605-4188 ou 6605-7698 – http://www.ciefato.com.br