Artigos,  Cursos,  I Ching

Yi Jing (I Ching) – poema e aula

Amanhã (17/3/12) teremos aulas dos hexagramas de Yi Jing (I Ching) 7 – Estagnação, 8 – Humildade e 9 – Quietude, na Sociedade Taoista do Brasil, fazendo parte do curso de Formação Tradicional em Yi Jing.

Aproveito o tema para compartilhar com todos um lindo poema do amigo André Setti, inspirado no Tratado das Mutações:

I

Para se erguer aos céus,

cresce primeiro

dentro do invisível,

respeita o ritmo

das velhas raízes.

 

No palácio do corpo,

consagra a dança.

Quem dança pertence ao tempo.

 

Nas correntezas,

veleja com cautela.

No mar aberto,

veleja sem medo.

 

O centro é também

O caminho de si mesmo.

 

II

 

Meu corpo, meu palácio,

dançarino entre as árvores

do passado e do futuro.

 

Sopro-te um segredo:

não és eterno.

Bailes para encontrar o teu tempo.

 

O centro é também

um balé com o espelho.

 

André Setti

Edgar Cantelli Gaspar – edgar@terapiaschinesas.com.br – Twitter: @edgarcantelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *